top of page

Problemas ambientais marinhos e nosso papel na conservação do oceano

Autores: Catarina Amazonas, Filipe G. R. C. Neves, Raphaela A. Duarte Silveira e Douglas F. Peiró


Membros da organização Ocean Clean Up Group (OCG) coletando lixo em uma praia na Indonésia. Fonte: Jeremy Bishop/Unsplash.



Com o passar das décadas, o oceano enfrenta cada vez mais problemas, os quais também nos afetam negativamente. A maioria deles são causados por ação antrópica, isto é, por seres humanos. Dessa forma, nós temos a responsabilidade de proteger o ambiente marinho, a fim de conservar o planeta como um todo e, consequentemente, a nós mesmos, pois dependemos do oceano para sobreviver.



OS PROBLEMAS AMBIENTAIS MARINHOS


É primordial que a sociedade reconheça os principais problemas ambientais marinhos a fim de combatê-los eficientemente. São muitos os impactos que o ser humano causa no oceano, mas alguns dos mais relevantes são:


Sobrepesca


A sobrepesca nada mais é que a extração excessiva de animais do mar. Ela pode ser feita com redes de arrasto, redes de cerco, entre outras. Porém, diversas destas técnicas já provaram ser destrutivas e insustentáveis, uma vez que danificam habitats, prejudicam outras espécies e esgotam os recursos para o futuro. Com a continuação destas práticas, foi estimado pela ONU, que até 2048, os estoques globais de peixes, ou seja, a quantidade total de peixes e outros organismos marinhos disponíveis no oceano, serão extintos parcial ou totalmente.


Poluição


Apesar da poluição do oceano ser um tema bastante discutido atualmente, com algumas propostas para minimizar e solucionar esse problema, o oceano continua sendo poluído. Mais de 10 mil toneladas de lixo plástico são despejados no mar a cada ano. Além disso, podemos destacar a contaminação das águas pelo petróleo, o qual também contribui para a destruição da vida marinha. De modo geral, esta poluição prejudica o funcionamento do oceano, e também nos coloca em risco, já que cerca de 3 bilhões de pessoas dependem da biodiversidade marinha para sobreviver.


Acidificação do oceano e aquecimento global


A acidificação do oceano ocorre devido a imensa quantidade de gás carbônico absorvido pela água. Segundo uma pesquisa publicada pela Revista Científica Communications Biology, o processo de acidificação desestabiliza o equilíbrio ecológico das algas, além de prejudicar os recifes de corais. Além disso, o aumento da temperatura do oceano, causado pelo aquecimento global, ocasiona o branqueamento dos corais, um fenômeno que pode levar os corais à morte e à destruição dos recifes. Isso é um problema gravíssimo, uma vez que os recifes de corais possuem uma biodiversidade enorme e estruturas comparáveis às de florestas tropicais. Sua extinção significaria a extinção de inúmeras outras espécies.


Sobrepesca com redes de arrasto. Fonte: Paul Einerhand/Unsplash.



NOSSA RELAÇÃO COM O OCEANO


O oceano tem papel ecológico, econômico, político e sociocultural. Ele é responsável por regular o clima, gerar renda, manter a segurança nacional e o bom funcionamento do planeta, além de ser fonte de alimento, de recursos minerais e de medicamentos. Existe uma relação de interdependência entre nós e o oceano, uma vez que dependemos dele para nossa sobrevivência, e temos um papel importante na sua preservação. Como disse a oceanógrafa americana Sylvia Earle - referência mundial na proteção do oceano e da vida marinha - “sem azul, não há verde”. Dessa forma, conhecer e conservar o oceano significa melhorar nossa qualidade de vida, bem como o futuro da sociedade.


Peixes nadando ao lado de lixo plástico na Indonésia. Fonte: Naja Bertolt Jensen/Unsplash.



NOSSO PAPEL NA PRESERVAÇÃO DO OCEANO


É nossa responsabilidade conservar o oceano, pois a sua situação atual foi originada das nossas ações e descuidos, como a superexploração de recursos, a sobrepesca, a acidificação do do oceano e a sua poluição. Portanto, devemos:

  • Investir em produtos sustentáveis;

  • Reciclar o lixo;

  • Participar e apoiar projetos que visam a proteção do oceano;

  • Mantermo-nos informados e compartilhar nossos conhecimentos;

  • Consumir conscientemente o pescado;

  • Reduzir nossas emissões de carbono (utilizar energias sustentáveis e meios de transporte limpos), entre outras.


Disseminando cultura oceânica a sociedade estará mais apta a preservar o oceano, por meio do desenvolvimento sustentável (desenvolvimento capaz de suprir as necessidades da geração atual, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades das futuras gerações, segundo a ONU). Para tornar o oceano mais saudável, seguro e produtivo necessitamos de um esforço global, o qual envolve criação de leis e políticas sustentáveis, mudança nos currículos escolares e maior divulgação a respeito dos problemas ambientais marinhos e seus impactos na sociedade.



Em suma, os problemas enfrentados pelo oceano como a poluição, a sobrepesca e a destruição de habitats marinhos são negativos para a biosfera como um todo. Para mudar esta realidade e reverter os danos causados, deve-se haver mudanças na forma como tratamos o ambiente marinho, bem como intensa regulamentação governamental e reformas socioculturais. O primeiro passo é entender que sem o oceano, a vida na Terra seria impossível. Por isso, cada membro da sociedade tem um papel importantíssimo na conservação deste ecossistema, mesmo morando longe da praia.




Bibliografia


HATJE, V.; DA CUNHA, L. C.; COSTA, M. F. Mudanças globais, impactos antrópicos e o futuro dos oceanos. Revista Virtual de Química, v. 10, n. 6, p. 1947-1967, 2018.


PARESQUE, K. Cultura Oceânica: de todos, para todos. Revista Eletrônica Extensão em Debate, v. 12, n. 13, 2023.


CHRISTOFOLETTI, R.A. et al. A década da ciência oceânica para o desenvolvimento sustentável. E eu com isso? Ciência e Cultura, v. 73, n. 2, p. 28-35, 2021.


BARRETO, C. P. Controle da poluição marinha para a manutenção da qualidade dos oceanos. 2013. 88 f. Monografia (Graduação em Oceanografia) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/30820.



1.898 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Faça parte!

Contribua com o Projeto Bióicos para a continuidade de nossas produções voluntárias, como: Revista, Poscast, Youtube e Instagram

Assine a lista e receba as novidades!

Obrigado pelo envio! Verifique seu e-mail e marque-nos como contato seguro!

bottom of page