top of page

Oceano ou oceanos: qual a diferença?

Autores: Raphaela A. Duarte Silveira, Filipe Guilherme Neves, Thais R Semprebom e Douglas F. Peiró


Fotografia mostrando o oceano na superfície com a presença de muitas ondas se quebrando.

O oceano é muito importante para a vida na Terra e nós dependemos diretamente dele para a nossa sobrevivência. Fonte: Dimitris Vetsikas/Pixabay.



Falar em oceano ou oceanos é muito mais que uma questão gramatical. Na realidade em que vivemos, com muitos impactos antrópicos no ambiente marinho e ameaças à sustentabilidade do planeta cada vez mais frequentes, estabelecer conceitos uniformes é fundamental para uma gestão mobilizadora. E é isso que foi convencionado pela Década do Oceano: um oceano único para que todos protejam.



CARACTERÍSTICAS DO OCEANO


O oceano abrange cerca de 71% da superfície da Terra e abriga uma imensa biodiversidade. Ele é todo interligado, sendo possível percorrer todo o oceano sem atravessar áreas terrestres. Ocupa uma área de cerca de 362 milhões de km² e volume de aproximadamente 1,34 bilhões de km³, o que corresponde a cerca de 97% de toda a água no planeta. Sua profundidade média é superior a 3 mil metros.


O oceano é constituído por água salgada, devido à presença de íons, como cloreto, sódio, magnésio, cálcio, potássio, entre outros. Esses íons são responsáveis pela salinidade da água do mar, que em média é 35 g kg-1.


O pH (potencial hidrogeniônico) médio do oceano é próximo de 8,1. Entretanto, esse pH está se tornando mais ácido devido ao aquecimento global. Com o aumento das emissões de carbono atmosférico, o oceano tem absorvido mais CO2 e, consequentemente, o seu pH está diminuindo, causando diversos impactos, como a acidificação do oceano, por exemplo.



IMPORTÂNCIA DO OCEANO


O oceano é muito importante para a vida no planeta Terra e ele proporciona muitos benefícios aos seres humanos e aos organismos que nele habitam. Veja abaixo alguns benefícios proporcionados pelo oceano:


Infográfico sobre a importância do oceano. Na imagem há sete quadros mostrando em cada um benefício proporcionado pelo oceano. No primeiro é a produção de mais de 50% de oxigênio do planeta e a absorção de 50x mais carbono do que a atmosfera. No segundo é sobre a regulação do clima, que por cobrir cerca de 70% da superfície do planeta, o oceano transporta calor da linha do equador para os polos. No terceiro sobre o transporte de mercadorias, em que quase 80% é feito pelo oceano. No quarto quadro, fala sobre a recreação, pois muitas atividades como pesca, caiaque, observação de baleias entre outras são fornecidas pelo oceano. No quinto, o oceano é uma fonte de emprego para muitas pessoas, sendo importante para o desenvolvimento da economia. No sexto fala sobre fornecimento de ingredientes para outros alimentos além dos frutos do mar. E por último, o oceano é importante na medicina, uma vez que muitos medicamentos vem dele e de organismos que vivem ali.

A importância do oceano. Fonte: © 2023 Raphaela Duarte/Instituto Bióicos.



SE O OCEANO É GLOBAL, POR QUE ELE TEM NOMES DIFERENTES?


Apesar de o oceano ser único e sem fronteiras, há bacias oceânicas ou regiões oceânicas com características geomorfológicas diferentes. São elas: bacia do Pacífico, do Atlântico, do Índico, do Ártico e a bacia do Antártico. Essas bacias ou regiões são comumente referidas como oceanos: Pacífico, Atlântico, Índico, Ártico e Antártico.


Faz sentido falarmos em oceanos quando o objetivo é analisar as características específicas de uma bacia ou região oceânica. Entretanto, quando abordamos questões que envolvem todo o planeta, a sua sustentabilidade e proteção, faz sentido apenas falar de um único oceano global e interconectado.


Para ficar mais fácil de entender isso, pense por exemplo na poluição por plásticos no oceano. Aqui faz sentido falarmos em oceano e não oceanos, pois não há fronteiras nele e o problema do plástico afeta todo o planeta. Outros exemplos são o aumento no nível do mar, a erosão das zonas costeiras e a acidificação do oceano. Independente de onde o gelo derrete, de onde ocorre a erosão ou de onde as emissões de CO2 se originam, os problemas causados não se restringem aos locais de origem, mas afetam o planeta como um todo.



CONHECENDO AS BACIAS OCEÂNICAS


Bacia do Pacífico

ilustração do mapa mundi mostrando em azul escuro as delimitações do oceano Pacífico, que está situado entre a América, a leste, a Ásia e a Austrália, a oeste, e a Antártida, ao sul.

Bacia do Oceano Pacífico. Fonte: Aplaice/Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0).



O oceano Pacífico é o maior, mais profundo e o mais velho dos oceanos, uma vez que existe desde a Pangeia. Para se ter uma ideia da sua imensidão, se juntarmos todos os continentes em uma grande massa, o Pacífico ainda seria maior. O nome Pacífico foi dado por Fernão de Magalhães quando navegava por um mar calmo e tranquilo durante uma de suas jornadas em 1520. Apesar desse nome, ele não é tão pacífico assim, já que com frequência é atingido por tufões e furacões. Locais como as Ilhas Galápagos, a Grande Barreira de Corais e o local mais profundo da Terra, as Fossas Marianas, e o Anel de Fogo do Pacífico (formado por cerca de 450 vulcões) são encontrados no Oceano Pacífico.


Área: 165.260.000 km² (aproximadamente 46% da superfície da água e 28% da superfície do planeta)

Volume: 660.000.000 km³

Profundidade: local mais profundo chega a 10.911 metros, que é a Fossa das Marianas



Bacia do Atlântico

ilustração do mapa mundi mostrando em azul escuro as delimitações do oceano Atlântico, que separa a Europa e o leste da África da América, a oeste.

Bacia do Oceano Atlântico. Fonte: Aplaice/Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0).



O oceano Atlântico é o segundo maior. O seu nome, de origem mitológica, vem de Atlas, filho de Netuno, que é considerado deus dos mares e pai das Atlântidas. O Atlântico tem a maior área de drenagem dentre os oceanos e recebe águas de grande parte dos principais rios do mundo, como o Amazonas, o Mississipi, o da Prata, o Níger, o Congo, entre outros. O oceano Atlântico possui muitas ilhas vulcânicas, devido à presença de uma grande cordilheira de montanhas submersas, chamada de Crista Oceânica do Atlântico (ou dorsal atlântica). Esta bacia oceânica é também uma importante rota comercial entre os continentes.


Área: 106.460.000 km²

Volume: 354.700.000 km³

Profundidade: local mais profundo chega a 8.376 metros, que é o Milwaukee Deep, parte da Fossa de Porto Rico



Bacia do Índico

ilustração do mapa mundi mostrando em azul escuro as delimitações do oceano Índico, que está situado na Ásia, incluindo a Índia ao norte, a África a oeste, e a Austrália a leste.

Bacia do Oceano Índico. Fonte: Aplaice/Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0).



O oceano Índico é o terceiro e o mais jovem dos oceanos. Seu nome origina das costas que banha, da Índia e da Indonésia. O mais longo canal artifical do mundo, o Canal de Suez, está localizado no oceano Índico, o que torna esse oceano uma importante rota comercial.


Área: 70.560.000 km²

Volume: 264.000.000 km³

Profundidade: local mais profundo chega a 7.725 metros, que é a Fossa de Java



Bacia do Ártico

ilustração do mapa mundi mostrando em azul escuro as delimitações do oceano Glacial Ártico, que está situado no Hemisfério Norte, banhando a Eurásia, América do Norte e Gronelândia.

Bacia do Oceano Glacial Ártico. Fonte: Aplaice/Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0).



O oceano Glacial Ártico é o menor dos oceanos, o mais gelado e passa a maior parte do ano congelado (com o aquecimento global isso tem mudado). O seu nome tem origem do grego Arktos, que significa próximo ao urso, referente à constelação da Ursa Menor. Como o ambiente é cheio de gelo e neve, sua biodiversidade é restrita a algumas algas, briófitas, líquens e fungos. No caso de animais, é habitat para o urso-polar, focas, leões-marinhos, narval, morsa, beluga, entre outros.


Área: 14.056.000 km²

Volume: 18.070.000 km³

Profundidade: local mais profundo chega a 5.502 metros, mas a profundidade média chega a 987 metros



Bacia do Antártico

ilustração do mapa mundi mostrando em azul escuro as delimitações do oceano Antártico, que banha a costa da Antártica.

Bacia do Oceano Antártico. Fonte: Aplaice/Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0).



O oceano Antártico é o quarto maior de todos e tem esse nome por simples oposição geográfica ao Ártico. Outro nome que pode receber é Austral, que significa o mais ao sul do mundo. A Corrente Circumpolar Antártica é a maior corrente oceânica do mundo e também a mais forte e mais profunda. Esse oceano é considerado o refrigerador do mundo, pois as correntes frias que saem dele trocam calor e deixam a temperatura do nosso planeta habitável. Nesse oceano há o estreito de Drake, o ponto mais estreito do oceano e uma das zonas que enfrentam as piores condições meteorológicas marítimas do mundo, situada entre a extremidade sul da América do Sul e a Antártica.


Área: 21.960.000 km²

Volume: 71.800.000 km³

Profundidade: local mais profundo chega a 7.235 metros no extremo sul da Fossa Sandwich do Sul, mas a profundidade média do oceano chega a 3.270 metros



O OCEANO


O fato é que foi convencionado pela Década do Oceano chamarmos de apenas um de oceano global e diverso, do qual nós dependemos para a nossa sobrevivência. Este conceito faz parte do Princípio número 1 da Cultura Oceânica, amplamente difundida pela Unesco em parceria com a Comissão Oceanográfica Intergovernamental.




Bibliografia


ASOC - ANTARCTIC AND SOUTHERN OCEAN COALITION. The Southern Ocean. Disponível em: https://www.asoc.org/learn/welcome-to-the-southern-ocean/. Acesso em: 25 mar. 2023.


BRITANNICA. Southern Ocean. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Southern-Ocean. Acesso em: 25 mar. 2023.


BROADUS, J. M.; ERICSON, D. B.; BARNES, C. A. Atlantic Ocean. Encyclopedia Britannica, 2023. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Atlantic-Ocean/Islands. Acesso em: 13 mar. 2023.


COTTER, C.H.; MORGAN, J. R.; BARDACH, J. E. Pacific Ocean. Britannica, 2023. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Pacific-Ocean. Acesso em: 13 mar. 2023.


FAVA, M. The List of the Oceans with data and statistics about surface area, volume, and average depth. Unesco, 2022. Disponível em: https://oceanliteracy.unesco.org/ocean/. Acesso em 13 abr. 2023.


GIBBENS, S. The Artic Ocean, explained. National Geographic, 2019. Disponível em: https://www.nationalgeographic.com/environment/article/arctic-ocean. Acesso em: 16 mar. 2023.


GIBBENS, S. The Atlantic Ocean, explained. National Geographic, 2019. Disponível em: https://www.nationalgeographic.com/environment/article/atlantic-ocean. Acesso em: 13 mar. 2023.


GIBBENS, S. The Pacific Ocean, explained. National Geographic, 2019. Disponível em: https://www.nationalgeographic.com/environment/article/pacific-ocean. Acesso em: 13 mar. 2023.


GIBBENS, S. There’s a new ocean now - can you name all 5? National Geographic, 2021. Disponível em: https://www.nationalgeographic.com/environment/article/theres-a-new-ocean-now-can-you-name-all-five-southern-ocean. Acesso em: 25 mar. 2023.


MORGAN, J. R.; VERLAAN, P. A.; KANAYEV, V. F. Indian Ocean. Britannica, 2023. Disponível em: https://www.britannica.com/place/Indian-Ocean. Acesso em: 13 mar. 2023.


NOAA - National Oceanic and Atmospheric Administration. Why should we care about the ocean? National Ocean Service Website, 2023. Disponível em: https://oceanservice.noaa.gov/facts/why-care-about-ocean.html. Acesso em: 25 mar. 2023.


NUNEZ, C. Our oceans are under attack by climate change, overfishing. National Geographic, 2019. Disponível em: https://www.nationalgeographic.com/environment/article/ocean. Acesso em: 25 mar. 2023.


REDAÇÃO Mundo Estranho. De onde vêm os nomes dos oceanos? Revista Superinteressante, 2018. Disponivel em: https://super.abril.com.br/mundo-estranho/de-onde-vem-os-nomes-dos-oceanos/. Acesso em: 13 mar. 2023.



UNESCO. Cultura Oceânica para todos - Kit pedagógico. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000373449. Acesso em: 14 jun. 2023.


834 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Σχόλια


Faça parte!

Contribua com o Projeto Bióicos para a continuidade de nossas produções voluntárias, como: Revista, Poscast, Youtube e Instagram

Assine a lista e receba as novidades!

Obrigado pelo envio! Verifique seu e-mail e marque-nos como contato seguro!

bottom of page