Quais são os reais impactos de um vazamento de petróleo nos oceanos?

Atualizado: 30 de jul. de 2020

Autores: Nicholas Negreiros, Raphaela A. Duarte Silveira, Thais R. Semprebom e Douglas F. Peiró


Imagem mostrando o oceano com algumas ondas no plano anterior da foto. Ao fundo aparece uma plataforma de petróleo. O céu está com a tonalidade laranja.

Plataforma em operação perto da costa. Fonte: catmoz/Pixabay.



Todos nós já ouvimos falar sobre diversos acidentes decorrentes da exploração de petróleo no leito marinho. Mas será que de fato sabemos como isso pode afetar o ambiente e como o petróleo bruto age sobre a fauna e a flora dos mares?



DEEPWATER HORIZON: O MAIOR DESASTRE MARINHO DA HISTÓRIA


Um dos principais incidentes ocorreu em Abril de 2010 na plataforma Deepwater Horizon, unidade semissubmersível que se encontrava no Golfo do México a apenas 66 km da costa do Estado da Louisiana, nos Estados Unidos da América. Esse acontecimento tornou-se um dos maiores desastres ambientais do mundo, quando um blowout ocorreu durante a fase de cimentação do poço.


Enquanto os técnicos trabalhavam para conter o vazamento, o alarme de presença de gás soou. O metano se espalhou rapidamente pela unidade e encontrou a sala de máquinas onde ocorreu a primeira explosão. Todos começaram o processo de evacuação da unidade e apenas um funcionário ficou para tentar acionar o sistema e conter o poço, mas já era tarde demais. O blowout estava descontrolado e a Deepwater Horizon ficou tomada por gás metano.


A estrutura da plataforma não suportou as explosões e milhares de toneladas de óleo foram liberadas no mar. A vida marinha na região agonizou com danos que levariam anos para serem reparados.