Soluções ambientais marinhas: novas maneiras de compreender o modelo FPEIR - ONU

Atualizado: 3 de jul. de 2020


Autores: Luciana Fortuna Nunes, Ágatha Naiara Ninow, Juan Pablo Carnevale Sosa, Thais R. Semprebom, Mariana P. Haueisen e Douglas F. Peiró


Imagem de entrada, no canto superior direito tem a ilustração do globo terrestre e em seu entorno seis circulos com desenhos do rosto de pessoas. No canto inferior esquerdo está escrito Projeto Tartabinhas Modelo FPEIR. Em nota de rodape tem o endereço URL do projeto Tartabinhas. E no canto superior esquerdo tem a logo do projeto.

Conexão entre os diferentes atores para execução do Modelo FPEIR-ONU. Fonte: Projeto Tartabinhas.



O curso sobre Basura Marina (lixo marinho), da ONU, online e gratuito, trouxe uma nova ferramenta para compreensão e auxílio na tomada de decisões relacionados a um problema. O curso ensina aos alunos, por meio do aprendizado orientado, como aplicar atividades bem-sucedidas e inspiradoras para combater o lixo marinho, independentemente de sua profissão ou local de moradia, com o uso do modelo FPEIR - Força motriz, Pressão, Estado, Impacto e Resposta.

O Modelo FPEIR busca suprir necessidades humanas de forma mais sustentável, diminuindo o impacto que elas causam no ambiente. Este ambiente pode ser social, cultural, econômico, organizacional, de saúde, entre outros.

Neste texto, trazemos um exemplo real na utilização do Modelo “FPEIR”, realizado pelo Projeto Tartabinhas, no município de Bombinhas, em Santa Catarina. A ferramenta foi organizada de forma a entender as faces de um dos grandes problemas ambientais enfrentados na atualidade: o uso desenfreado e a presença no ambiente de sacolas plásticas descartáveis.