Unidades de Conservação Marinhas Brasileiras: APA do Arquipélago de São Pedro e São Paulo

Atualizado: 30 de jul. de 2020

Autores: Mariana P. Haueisen, Yonara G. B. Felipe, Thais R. Semprebom e Douglas F. Peiró

Foto aérea de arquipélago rochoso no oceano aberto. Arquipélago composto por cinco ilhas rochosas marrons. Oceano azul com grande arrebentação próximo às ilhas, gerando espuma branca e tonalidades verde-água. É possível visualizar um navio pequeno na parte superior direita da imagem e um farol vermelho com listra branca na ilha central da foto.

Área de Proteção Ambiental do Arquipélago de São Pedro e São Paulo, Brasil. Fonte: Canindé Soares/Wikimedia Commons (CC BY-SA 4.0).



A Área de Proteção Ambiental (APA) do Arquipélago de São Pedro e São Paulo foi criada pelo Decreto nº 9.313, de 19 de março de 2018. Localizada no Oceano Atlântico, tem área de 38.450.193,81 hectares e faz parte do bioma marinho costeiro brasileiro. O arquipélago está distante cerca de 1.010 km (510 milhas náuticas) do porto da cidade de Natal (RN), 520 km do arquipélago de Fernando de Noronha e, aproximadamente, 1.824 km de Guiné-Bissau - é o ponto brasileiro mais perto da África. As ilhas ocupam uma área emersa de 17.000 m² e possuem elevação máxima de 18 m acima do nível do mar.


O Arquipélago de São Pedro e São Paulo (ASPSP) é um dos locais mais inóspitos do Brasil. É o menor e mais isolado arquipélago tropical do planeta e o único conjunto de ilhas oceânicas brasileiras acima da linha do Equador.


Os rochedos constituem um grande patrimônio da oceanografia. As pequenas ilhas rochosas são formadas pela evolução geológica associada à falha tectônica de São Paulo - surgiram com o soerguimento do manto do assoalho submarino, formação geológica única no mundo.


Vários naufrágios aconteceram ao longo da história no ASPSP por ser um ponto crítico para a navegação devido às baixas altitudes e por ser pequeno em dimensão. Vistas a partir de embarcações, e a distância, as ilhas são de difícil reconhecimento a olho nu, principalmente em condições adversas de luz e tempo.