Deu bandeira vermelha e não deu praia: o lançamento de esgoto nos oceanos

Atualizado: 3 de set. de 2021

Autores: Yonara Garcia Borges Felipe, Mariana P. Haueisen, Raphaela A. Duarte Silveira, Thais R. Semprebom e Douglas F. Peiró



Você já reparou que algumas praias no litoral brasileiro possuem bandeiras vermelhas ou verdes indicando sua balneabilidade? Leia o artigo e informe-se como o despejo do esgoto no mar pode trazer importantes problemas para a saúde pública e para o ambiente marinho.


A imagem mostra o oceano através de uma tubulação de esgoto. Fonte: Free-Photos/Pixabay (Domínio Público).



O despejo de esgotos sanitários no mar é um dos tipos de poluição aquática mais comuns em ambientes costeiros. Provenientes da água utilizada em residências, unidades comerciais e industriais, o esgoto sanitário é composto por aproximadamente 90% de água, acrescido de nutrientes (carbono orgânico total; séries nitrogenadas, principalmente na forma de amônia; fósforo, principalmente provenientes do uso de detergentes; entre outros), sólidos totais e diversos contaminantes como metais, hidrocarbonetos, pesticidas e outras substâncias potencialmente tóxicas. Além disso, o esgoto normalmente contém uma grande quantidade de microrganismos patógenos e não patógenos, como bactérias, vírus e fungos.



IMPACTOS AMBIENTAIS E SOCIOECONÔMICOS


Os compostos presentes no esgoto podem afetar de forma direta ou indireta o meio ambiente, gerando problemas ecológicos e sanitários para regiões costeiras. Dentre os possíveis impactos que estes componentes podem causar no ambiente marinho, vale ressaltar o enriquecimento das águas por nutrientes, principalmente o nitrogênio e fósforo, o que pode resultar num processo chamado de eutrofização. Este processo é caracterizado pelo crescimento excessivo de microalgas devido à maior disponibilidade de um ou mais fatores limitantes do crescimento fundamentais para a fotossíntese, como luz e nutrientes.

Dentre os problemas que a eutrofização pode causar podemos citar um fenômeno denominado "maré vermelha". Esse termo popular surgiu devido à coloração avermelhada que a floração de certas microalgas produz na água. Esse fenômeno pode trazer sérias consequências, como em