Médico veterinário de animais marinhos: o que faz e como se tornar um?

Atualizado: 3 de abr. de 2020

Autores: Alice Americano, Verônica Takatsuka Manoel, Raphaela A. Duarte Silveira, Thais R. Semprebom e Douglas F. Peiró


Imagem mostra a veterinária segurando uma bandeja com duas raias. Ao fundo vemos que ela está em um laboratório.

Médica veterinária de animais marinhos do Aquário de Ubatuba, Verônica Takatsuka, com pequenas raias sob seus cuidados . Fonte: Aquário de Ubatuba ©.



A Medicina Veterinária habilita o profissional para atuar em diversos campos, inclusive na área marinha. Atualmente, não existe um curso de graduação específico de medicina veterinária de animais marinhos. É preciso cursar Medicina Veterinária e, ao longo da graduação, dedicar-se a esta área participando de cursos, fazendo estágios, trabalhos voluntários e se envolvendo no desenvolvimento de pesquisas, como por exemplo em programas de Iniciação Científica.


Também existe a possibilidade de, após a graduação, fazer uma pós-graduação (especialização, mestrado, doutorado) com um tema voltado para animais marinhos. Dificilmente este assunto é abordado dentro das universidades, pois não faz parte da grade obrigatória de disciplinas. Portanto, é fundamental que o interessado busque conhecimento e experiências extracurriculares.


A participação em eventos científicos da área também é uma ótima forma de se manter atualizado, fazer contatos com os profissionais atuantes e conhecer as possibilidades que a profissão traz. Em eventos como o Congresso de Conservação Marinha, Congresso Latino-americano de Reabilitação de Fauna Marinha e o Congresso da Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil é possível conhecer os resultados de trabalhos de importantes instituições e profissionais da área. É uma ótima oportunidade para tirar dúvidas com os veterinários que já estão no mercado de trabalho.



COMO É A ATUAÇÃO DO VETERINÁRIO DE ANIMAIS MARINHOS?